fbpx

5 biografias escritas por Mick Wall para curtir e ficar por dentro dos bastidores do Rock’n’Roll

Written by on 21/02/2022

Por Thai Almeida (@japagurl)

Descrito como o “maior escritor de rock e metal do mundo”, Mick Wall é um jornalista britânico que escreve sobre “as coisas que as pessoas não sabem ou não podem descobrir por si mesmas” há mais de 40 anos. Em seus livros, os leitores encontram muito mais do que curiosidades a respeito dos sons. Com uma linguagem leve e agradável, o autor revela momentos da vida pessoal dos artistas que ajudam a compreender a trajetória e a atitude rock’n’roll por trás dos “super-humanos que fizeram álbuns”.

Bora conhecer algumas dessas grandes histórias? Vem comigo, bb!

Ao longo de sua carreira, Wall já publicou 26 obras de artistas e bandas, sendo somente oito delas traduzidas para o português. Em sua lista, estão nomes como Prince, Lou Reed, Jimi Hendrix, The Doors e muito mais.

#1. METALLICA — A Biografia (Globo Livros, 2013)

A primeira edição de “Metallica — A biografia” foi lançada em 2012. Esta capa é da segunda edição, de 2013.

O livro conta a história (leia-se aqui “a intimidade e os demônios”) da banda que vendeu mais de 100 milhões de discos em 30 anos de carreira. Através da relação antagônica entre o vocalista, guitarrista e frontman, James Hetfield, e o baterista, Lars Ulrich, o autor constrói uma narrativa que expõe os bastidores controversos da trajetória do Metallica, desde sua formação original, passando pela morte de Cliff Burton, até o maior fracasso comercial de sua carreira, o álbum “Lulu”, feito em parceria com Lou Reed (essa última acrescentada na segunda edição).

Com este livro, Mick Wall deu um presente aos fãs da banda e aos estudiosos/amantes da música. Indicadíssimo!

A balada que levou o Metallica ao sucesso do mainstream. Segundo James Hetfield, a letra desperta o sentimento de saudade e marcou um momento de descoberta em suas composições.

 

#2. Iron Maiden: Run to the Hills — A Biografia Autorizada (Generale, 2013)

 

“De um fã para outro, com todo o respeito que você merece.” — Mick Wall

 

Alguns chamam de “chapa-branca” por se tratar de uma biografia ‘autorizada’. Outros reconhecem o trabalho sincero de Mick Wall, contudo confessam que esperavam mais do autor. Enfim, o livro aprofunda questões que mostram a banda como uma grande empresa e também gravita ao redor da vida de Steve Harris. Não é um dos melhores livros de Wall, mas vale o tempo dedicado… afinal, é sobre o Iron Maiden que estamos falando.

Música-título do livro de Wall, foi lançada como single em 1982 no álbum “ The Number Of The Beast”.

 

#3 Black Sabbath — A Biografia (Globo Livros, 2014)

“Eles eram o lixo e sabiam disso. Entulho humano saído das ruas cheias de crateras de bombas de um lugar esquecido na Grã-Bretanha do Pós-Guerra chamado Aston, desajustados da região mineira que não conseguiam divisar nenhum futuro, presos a um passado do qual não sabiam como escapar (…) Eles eram o Black Sabbath e, não importa o que escrevam sobre eles um dia, eles sempre terão sido a banda mais insultada do planeta.” — Mick Wall

 

 

Além de ser um conceituado jornalista especializado em música, Mick Wall também foi assessor de imprensa da banda Black Sabbath, precursora do heavy metal. Ao longo de 35 anos, Wall conviveu com os integrantes e testemunhou fatos descritos na obra com a riqueza de detalhes característica do escritor.

Dividido em duas partes, o quinto livro de Wall relacionado à banda britânica conta a trajetória marcada por turnês alucinantes, brigas contratuais e a entrada e a saída de 21 músicos que colaboraram na construção do Black Sabbath sem perder a sua essência. São 360 páginas recheadas com os efeitos previsíveis de se tornar um “dinossauro do rock” através dos olhos de um fã declarado. Uma leitura de peso, eu diria. Pode colocar na lista já!

Se alguém me disser que já foi num bar de rock e nunca escutou esse som, recomendo trocar de bar. Hahaha

 

#4. Led Zeppelin: Quando os gigantes caminhavam sobre a Terra (Globo Livros, 2017)

“Mais do que uma biografia de uma banda de rock tão lendária quanto virtuosa, ‘Quando os gigantes caminhavam sobre a Terra’ é a história de um tempo em que astros de rock eram deuses e tinham o mundo aos seus pés.”

 

Nesta obra-prima do jornalismo musical, Mick Wall desnuda a intimidade dos músicos que viveram o clichê “sexo, drogas e rock’n’roll” no final da década de 60 e início de 70 e que é considerada por muitos fãs como “a maior banda de rock de todos os tempos”.

Sem dúvidas, “Stairway To Heaven” é uma das canções mais lindas da banda (na minha opinião).

 

O livro traz à tona, de forma divertida e aconchegante, as diversas brigas entre os membros do grupo, os excessos na estrada e o interesse do guitarrista Jimmy Page pelo ocultismo. De certa forma, a obra traduz a “magia em ação” dos cavaleiros do blues elétrico. Vale mergulhar de cabeça nessa leitura!

 

#5. Foo Fighters: Learning To Fly (Planeta, 2017)

“A biografia definitiva da banda“ ou você também pode se referir a este livro como “a biografia de Dave Grohl e os Foo Fighters, uma das maiores bandas de rock da atualidade”.

 

Tão pulsante quanto o rock’n’roll, este livro de Mick Wall reconhece a grandeza de Dave Grohl e revela que para “aprender a voar” também é necessário ter pé no chão e pulso firme.

A narrativa inspiradora traz ensinamentos para quem aspira entrar no meio musical, assim como para quem já está inserido mas não sabe qual direção seguir, e é uma baita oportunidade de relembrar a trajetória do “garoto do Nirvana” que hoje é o líder do Foo Fighters com admiração e nostalgia.

Citada no próprio título do livro, essa música representa o Foo Fighters: vibrante, poderosa e sincera.


Você na Ghost

Deixe um comentário

O seu email não será divulgado.Campos obrigatórios*



Current track

Title

Artist

Background