fbpx

Dos livros para o cinema parte 2

Written by on 25/09/2020

“Mas não era assim no livro!”



E aí, o ‘filme é melhor que o livro’, ou ‘livro melhor que o filme’? Esse é assunto cheio de polêmicas, que muitos acabam discutindo. Mas, caso a parte, as duas linguagens são diferentes e necessitam de ferramentas distintas para funcionarem… A questão é: quais são os melhores filmes baseados em livros? Confira a segunda parte 2 desse extenso repertório e não esqueça de conferir a parte 1


Forrest Gump

Paramount Pictures


O filme de Robert Zemeckis foi adaptado do livro homônimo de Winstom Groom. Quando recebeu o Oscar de melhor ator por Forrest Gump, Tom Hanks igualou a marca de Spencer Tracy, que até então era o único ator a ter ganho o Oscar por dois anos consecutivos. O filme ficou por meses em cartaz no Brasil, desde sua estreia em agosto de 1994 até meados de abril do ano seguinte.


12 Anos De Escravidão (12 Years A Slave)


Regency Enterprises


Inspirado no livro de memórias escrito por Solomon Northup, 12 Anos de Escravidão foi lançado em 2014 sob direção de  Steve McQueen. Esse  é o filme de estreia da atriz  Lupita Nyong’o, estrela de Pantera Negra. O longa foi filmado em Louisiana por um período rápido de 35 dias e com apenas uma câmera.


Cidade de Deus


O2 Filmes


Paulo Lins é o autor do livro Cidade de Deus, que foi adaptado para o cinema em 2002 por Fernando Meirelles e Kátia Lund. Grande parte do elenco foi escolhido entre garotos que viviam em diversas comunidades e favelas do Rio de Janeiro, foram realizadas mais de 2 mil entrevistas. Além disso, o longa foi exibido no Festival de Cannes em 2002.


Os Bons Companheiros (GoodFellas)


Warner Bros. Entertainment


A obra de Martin Scorsese teve inspiração no livro do mesmo nome do escritor Nicholas Pileggi. Lançado em 1990, Os Bons Companheiros é o sexto filme de Scorsese e Robert De NiroO longa mostrou a crueldade da máfia de uma maneira bem diferente de outros filmes anteriores, sem a romantização presente em O Poderoso Chefão.


Um Estranho No Ninho (One Flew Over the Cuckoo's Nest)


Fantasy Films


Inspirado  no livro de Anthony Burgess, Laranja Mecânica tem direção de Stanley Kubrick e  foi lançado em 1972 em meio à muitas polêmicas. O filme foi retirado de cartaz no Reino Unido por Kubrick, porque estava irritado com as críticas recebidas de que Laranja Mecânica seria muito violento. Inclusive, o longa foi banido em vários países. 


Jurassic Park: O Parque Dos Dinossauros


Universal Studios


Adaptado do livro de Michael Crichton, Jurassic Park foi lançado em 1993 sob a direção de Steven Spielberg. Por causa do início das filmagens de A Lista de Schindler, o diretor Steven Spielberg deixou o trabalho de pós-produção de Jurassic Park nas mãos de George Lucas, criador do universo de Star Wars e amigo pessoal de Spielberg.


Laranja Mecânica (A Clockwork Orange)


Universal Studios


Inspirado  no livro de Anthony Burgess, Laranja Mecânica tem direção de Stanley Kubrick e  foi lançado em 1972 em meio à muitas polêmicas. O filme foi retirado de cartaz no Reino Unido por Kubrick, porque estava irritado com as críticas recebidas de que Laranja Mecânica seria muito violento. Inclusive, o longa foi banido em vários países. 


E o Vento Levou (Gone with the Wind)


Metro-Goldwyn-Mayer


Inspirado no livro de Margaret Mitchell, em 1940 o mundo conhecia  E o Vento Levou,  com direção de Victor Fleming, George Cukor e Sam Wood. O longa é conhecido por ser o primeiro com cores a ganhar o Oscar de Melhor Filme. Devido ao preconceito da época, a atriz Hattie McDaniel não pôde comparecer na première do filme em Atlanta porque era negra. Ela foi a primeira atriz negra a conquistar um Oscar


O Auto Da Compadecida


Globo Filmes


O filme de Guel Arraes é uma adaptação do  livro de  Ariano Suassuna, lançado em 2000, O Auto da Compadecida foi inicialmente produzida como uma minissérie de quatro capítulos, exibida na Rede Globo em janeiro de 1998. Devido ao grande sucesso obtido, o diretor Guel Arraes e a Globo Filmes resolveram preparar uma versão para o cinema, que contém 100 minutos a menos que o tempo total da minissérie.


O Irlandês (The Irishman)


TriBeCa Productions


Baseado no livro I Heard You Paint Houses, de Charles Brandt, a obra foi escrita a partir de relatos reais do próprio Frank Sheeran. O filme conta com a direção de Martin Scorsese e, apesar de ter sido em 2014, Scorsese revelou que estava em seus planos há pelo menos uma década a produção do filme. 


O Regresso (The Revenant)


Regency Enterprises


O filme que segundo Leonardo DiCaprio foi o mais difícil de sua vida, foi inspirado no livro de  Michael Punke e tem direção de Alejandro González Iñárritu. Lançado em 2016, a obra é baseada em fato reais e foi filmada em luz natural, sem o uso de qualquer artifício de iluminação. Vegetariano, DiCaprio também rompeu seu regime alimentar/opção pessoal em prol da arte. Em uma cena do filme, seu personagem come um fígado bovino cru, o ator até tentou gravar com gelatina falsa, mas não ficou satisfeito e pediu para a equipe lhe passar uma carne de verdade. 


Carrie, A Estranha (Carrie)


Metro-Goldwyn-Mayer


Com direção de Brian De Palma, o filme foi adaptado do livro de Stehpen King  em 1976. De Palma cria uma narrativa de tensão crescente, mas sempre ressaltando a claustrofobia constantemente presente na vida de Carrie. Carrie, a Estranha foi o primeiro livro de King com o gênero terror publicado. 


Psicose (Psycho)


Universal Studios


O longa de Alfred Hitchcock completou 20 anos em 2020 e foi inspirado no  livro de Robert Bloch. Psicose foi filmado em preto e branco por opção do próprio Hitchcock, apenas para diminuir as despesas. Inspirado em fatos reais, o longa foi baseada na vida de Ed Gein, um assassino em série responsável pelo desaparecimento de vizinhos e mulheres inocentes na cidade rural de Plainfield.


Apocalypse Now


American Zoetrope


O filme de Francis Ford Coppola  estreou em 1979 e foi inspirado no romance de Joseph Conrad, Coração das Trevas. Apocalypse Now era para ter sido rodado em 16 semanas, mas acabou levando 15 meses para ser filmando,  o motivo do grande atraso foi um furacão, que destruiu todos os sets de filmagens. O próprio Coppola teve que investir milhões de dólares de seu próprio bolso, após o filme ter comprometido seriamente o orçamento estabelecido no início do projeto. 


Drácula de Bram Stoker


Columbia Pictures


Outro filme de Coppola lançado em 1992 e baseado no livro de Bram Stoker. Em Drácula, o diretor queria criar uma atmosfera lúdica e lúgubre, que transportasse o espectador para o mundo sombrio de Stoker. Coppola  abriu mão de qualquer efeito especial criado em computador, assim, todos os efeitos visuais foram feitos  de forma artesanal. 


Fontes BBC, Adorocinema, Rolling Stone, Superinteressante, El País e Folha de São Paulo. 


Você na Ghost

Deixe um comentário

O seu email não será divulgado.Campos obrigatórios*



Continue reading

Current track

Title

Artist

Background